Vivendo Naturalmente Saudável


O Poder da Mulher - Em homenagem ao dia Internacional da Mulher

08/03/2010 14:54

 

A mulher sábia edifica a sua casa – PV 14:1

 

Certa vez na Argentina houve um “acordo” entre os produtores de carne, montaram um cartel, com aval do governo, para subir o preço da carne de forma assustadora. Foi uma grande crise, até que os meses passaram e um grupo de mulheres que tinha acesso a determinadas informações orçamentárias do governo, observou que havia uma incongruência nesse assunto. O governo produziu nesse mesmo ano mais carne do que os anteriores, inclusive havendo alguns criadores que estavam baixando o preço da carne devido a oferta. Observaram também que estavam exportando carne e ao mesmo tempo importando. Isso gerou uma interrogação grande nesse grupo feminino (não é feminista). Até que elas descobriram o grande golpe corporativista que estava ocorrendo. Alguns lucrando muito em detrimento de uma nação. Uma propriedade interessante que a mulher tem é a da união (quando tem interesse) e também de disseminar notícias. Elas se uniram sabiamente e fizeram um boicote nacional contra os preços abusivos da carne, simplesmente deixaram de comprar. O que aconteceu? Em pouco tempo após desmascarado o quartel corporativista a carne baixou o preço passando para um valor abaixo do que era antes. Esse é apenas um pequeno exemplo do poder que as mulheres possuem, mas não se dão conta disso. O mundo seria muito melhor se fosse co-governado pelas mulheres. Isso mesmo! Pois elas são as geradoras, são as que nutrem e sabem a dor do sofrimento de um filho passando fome. Elas seriam capazes de eliminar a fome do planeta rapidamente. Mas reforço que são as mulheres e não as feministas. As feministas simplesmente cansadas de serem humilhadas pelos homens lutaram por condições iguais, mas entraram na competição, ou seja, no mesmo erro dos homens. Estes, fazendo burradas, já era demasiado, agora as mulheres feministas se somaram a eles a quantidade de burradas dobrou.

O mundo precisa de mulheres corajosas e desejosas de um mundo de paz, de harmonia, de beleza, de amor, de carisma, de emoção, de sensualidade, de alegria e essas propriedades elas tem sobrando. Deixo aqui meu apelo, por favor, mulheres, acordem enquanto há tempo. Dominem o mundo com amor. Só vocês podem fazer isso. Ainda há tempo. Atente para o que vou ilustrar agora:

É incompreensível quando uma mulher aceita um marido corrupto. Se um desses políticos corruptos que aparecem a todo o momento em Brasília, se eles chegassem em casa e lá tivesse uma mulher de verdade aguardando-o, ela diria. Que vergonha, eu não me casei com um homem que promete e não cumpre. E na mesma hora a filha desse mesmo político falasse: Que vergonha meu pai, tenho vergonha agora de ser tua filha. E mais ainda, o telefone toca, a voz do outro lado pede para falar com ele. E ao atender a voz diz assim: Nunca mais me considere sua mãe, pois não coloquei você no mundo para fazer esse papelão! Dessa forma esse político corrupto não teria apoio familiar e seria de certa forma, escorraçado de casa (de verdade). O que iria acontecer? Ele iria pensar muito. Se ele quiser a partir daquele momento ter novamente uma família, deve começar a agir de forma íntegra, pois mulher alguma iria se sujeitar a ter em casa um ladrão.

Mas não é isso que acontece. As mulheres modernas adoram a bajulação que o poder trás, adoram o dinheiro que o poder trás, não se preocupam a mínima com o povo, só se preocupam com o dinheiro que o marido trás para dentro de casa para satisfazer suas vaidades, não importa como. Enquanto houver mulheres assim, haverá políticos assim. Sugiro uma revolução feminina de amor unida à sabedoria. Que digam aos homens: Para que tenham nossa companhia, somente com grandes ideais para a humanidade. Vocês ficariam abismadas de ver como mudariam o mundo muito rápido. Com união. É preciso força de vontade para tal.

Outro exemplo da falta de bom senso, de inteligência, de vontade, falta de união e de caráter do brasileiro. No Brasil, o preço do barril de petróleo subiu e a gasolina também subiu depois o preço do barril subiu de novo e a gasolina igualmente e assim foi durante anos. Mas depois de um tempo o preço do barril caiu, mas o da gasolina não, depois o preço do barril caiu mais ainda e o da gasolina continua alto. Descobrimos mais petróleo, uma revolução mundial, mas o preço da gasolina que você abastece seu carro continua alto. Por quê? Alguém tem uma calculadora diferente que refaça essa conta para mim? E você, o que faz com essas informações?

Mas o que isso tudo tem a ver com a saúde? Tudo. Gasolina mais baixa, tudo abaixa o preço, inclusive os remédios, pois o custo do transporte diminui. Todos os produtos diminuem de preço, você economiza, terá menos despesas no fim do mês favorecendo mais harmonia em casa, mais alegria e mais saúde.

A medicina, assim como a engenharia, a política, a música, o entretenimento, a cultura, tudo tem sua máfia particular, seu corporativismo, suas intenções escusas. Até mesmo uma vacina aparentemente inofensiva pode fazer parte de um programa de enriquecimento de alguns grandes laboratórios. E os governos simplesmente aceitam, já que irão ganhar com isso. Você não acredita? Segue a dica de um vídeo dentre inúmeros que ajudarão você a entender melhor. Assista! Entre na internet agora mesmo e assista a esse vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=ZgL80gy5Oac&feature=related

Ghislaine Lanctôt, autora do livro "The Medical Mafia", cuja tradução é a Máfia da Medicina. No livro a autora, que foi proprietária de diversas clínicas médicas demonstra os fatos e entra no campo consciencial dizendo que esquecemos de quem somos (filhos de Deus) e assim delegamos o poder da nossa saúde ao outro, ou seja, ao sistema médico, que no caso precisa de lucro para sua auto-subsistência, e lucro não prevê cura, prevê somente a doença e a manutenção desta. Portanto nenhum sistema de saúde moderno, que envolve os grandes laboratórios e as grandes corporações irá objetivamente cuidar da sua saúde, mas sim da sua doença pois ela é que gera lucro ao sistema.

Mais uma vez temos aqui a importância de entender sobre saúde natural e com isso também entenderá o porque muitos médicos ainda insistem em dizer que chás e ervas não resolvem nada. Simplesmente pelo medo de perder o sustento do sistema. Claro que o “buraco”  é mais fundo do que isso,trago aqui apenas um exemplo simplista da realidade. Mas também não podemos condenar os médicos e o sistema ao qual pertencem porque muitos realmente tem boas intenções. Aplicam com devoção e amor o que aprenderam na faculdade porém não percebem que o que aprenderam é exatamente o que o sistema corporativista quer que aprendam. Então para esses a medicina é correta e obviamente o que for contra essa formação não terá receptividade. Aprenderam assim, foi assinado e aprovado pelas universidades que por sua vez são licenciadas pelo governo, quem pode ir contra? Esse é o raciocínio, porém não é a realidade, já que o governo também depende das coorporações e dos grandes laboratórios farmacêuticos.

Então para não nos delongarmos nesse tema é importante que cada um de nós tenhamos consciência de que a nossa saúde é da nossa responsabilidade, temos e podemos usar da natureza para nos manter saudáveis. Mas sem radicalismos, quando for necessário também devemos usar os produtos químicos dos laboratórios, eles tem sua função, o grande problema é a dependência dessa função. Não sou contra nada, já comentei sobre isso. Tudo é uma questão de equilíbrio. É justamente por esse fato que em outra oportunidade do livro comentei que na Índia, na medicina Ayurvédica diz-se que doença de um modo geral é falta de inteligência (sabedoria de si). Mas se delegarmos nossa saúde ao sistema, estaremos cada dia mais dependente deles e com menos saúde. A tecnologia é boa quando a serviço de todos e não somente de alguns.

Já que mencionei sobre a Índia, na medicina deles há uma regra terapêutica, de que em grande parte dos tratamentos há a necessidade de provocar deliberadamente o vômito para limpeza rápida do doente, para acelerar a depuração e a cura. Parece algo nojento, mas não é. É algo muito comum, pois nosso próprio organismo rejeita aquilo que não lha cabe bem. Muitas vezes provocar o vômito quando estamos passando mal é uma salvação. Claro que nem sempre, mas o organismo sabe. No Brasil um povo que costuma fazer esse tipo de limpeza são os antigos índios, digo antigo, pois os que estão por aí nem são índios mais. São apenas o que sobrou, nem conhecem mais as antigas tradições a as antigas curas naturais do seu próprio povo. Porém ainda há algumas regiões mais selvagens e nativas onde os índios tomam chás específicos para depuração física e espiritual que trazem grandes benefícios para a vida dos que bebem do chá em rituais sagrados. Algumas vezes esse chá, que é um chá específico foi confundido pelo homem branco por droga, mas não é. São chás usados há séculos e fazem parte da cultura indígena destinados à limpeza das toxinas humanas. Mas o homem branco sempre quer dar sua opinião daquilo que desconhece então deturpa e macula o sagrado.   

—————

Voltar